Nome dos Anjos

Segundo a Bíblia, existem milhares e milhares de Anjos, porém somente três são chamados por ela com seus nomes: Gabriel, Miguel e Rafael. Os antigos hebreus acreditavam em uma complexa hierarquia angelical em que cada um de seus componentes possuía um nome próprio, pois dentro do misticismo judaico o nome estava revestido de uma importância capital.

Todas as ordens místicas possuem um ritual de iniciação, em que o noviço adota um novo nome. É uma representação de seu nascimento para a ordem, e por meio dela, para uma nova vida. Esse nome significa novos poderes, novos conhecimentos e maiores conquistas espirituais.

Assim, o ato de nomear alguém ou algo parece ter importante significado. A invocação dos Anjos da antiguidade judaica era feita pronunciando-se seu nome, em certos momentos e em determinadas condições.

O ato de descobrir o nome do nosso Anjo da guarda pode também ser considerado uma espécie de iniciação, como o recebimento de um código que nos dará acesso a novos níveis de consciência. Essa descoberta talvez constitua o ponto crucial da relação com o nosso Anjo custódio. Se levarmos em conta que a imensa maioria dos seres humanos não é capaz de perceber os Anjos de uma maneira sensível, qualquer comunicação que de um modo inequívoco venha deles adquire uma importância capital. E entre essas comunicações, uma das primeiras , e a principal, é a nomeação do nosso Anjo da guarda. A partir desse momento, esse nome nos permitirá estar em permanente contato com ele, tornando a comunicação muito mais fácil, já que nossa fé e nossa segurança terão aumentado consideravelmente.

Existem diferentes métodos para averiguarmos o nome do Anjo da guarda, um dos melhores é que, a cada noite, antes de dormir, seja estabelecido um contato mental com nosso Anjo, pedindo sua ajuda durante o sono, para que sejam solucionados os problemas que naquele momento nos estão afligindo, quaisquer que sejam eles. Durante o dia, devemos afastar momentaneamente os pensamentos do trabalho – ou daquilo que estivermos fazendo – e enviar pelo menos uma saudação a ele, aproveitando para lhe pedir que nos ajude sempre, a qualquer momento e em qualquer situação.

À noite, nessa espécie de oração ou comunicação mental, devemos pedir-lhe que, se ele considerar o momento conveniente, revele seu nome para que a nossa comunicação e torne melhor, estreitando dessa maneira a união já existente entre nós.

O normal é que durante o sonho ou pela manhã, logo ao acordar, o nome do nosso Anjo surja claro e distinto na nossa consciência. Não devemos esperar um nome bíblico, nem forçosamente um terminado em “el”. Poderá ser um nome muito conhecido ou um que jamais ouvimos na vida. Poderá ser um nome estrangeiro ou um diminutivo popular. Também pode surgir algo que não pareça nome, mas que nós automaticamente identificaremos como sendo o do nosso Anjo. E a partir desse momento teremos uma forma de invocá-lo, de iniciar a comunicação com ele. Devemos dar as graças e estar dispostos a começar um novo, alegre e esperançoso dia.

Voltar página inicial   Voltar página inicial



Comentários da página
Gostou da página? Então comente no Portal Angels expressando a sua opinião no espaço abaixo...

O Portal Angels não se responsabiliza pelos comentários aqui postado. Sendo de inteira responsabilidade da pessoa que o fez as consequências de cada mensagem.