As mães de cada signo

Brincalhona, autoritária, aventureira. Veja o que os astros dizem sobre o perfil da sua mãe e aumente as chances de acertar no presente

dia-das-maes

Dizem que mãe é tudo igual e só muda de endereço. Em parte, a expressão é verdade, pois as aflições e necessidades de cada mulher perante o desafio de gerar uma vida e educar uma pessoa não mudam muito. Porém, uma das influências que podem modificar a maneira de ser mãe no dia a dia vem direto dos astros. Veja abaixo o perfil da mãe de cada signo do zodíaco:

Mãe ariana – 21/3 a 20/4

Quando os filhos eram pequenos (ou se ainda são), essa mãe provavelmente não contratou uma babá para cuidar deles. Fez (ou faz) questão de estar por perto em todos os momentos e tira tudo de letra, sempre, graças à sua energia e atitude descomplicada. Mesmo com eles crescidos, permanece presente e ativa, mas, ainda assim, estimula a independência dos rebentos e fica feliz quando os vê darem seus passos pelo mundo. “Até porque, ela sabe manter a individualidade, mesmo sendo mãe”.

Mãe taurina – 21/4 a 20/5

Ciumenta, adora dar e receber carinho dos filhos. “Mantém o semblante sereno, mesmo quando está se contorcendo porque alguém parece receber mais atenção dos filhos do que ela”. A imagem que passa para a prole é de segurança, porque sempre deixou clara a preocupação quanto ao conforto deles desde muito pequenos. É uma mãe superpreocupada com o bem-estar dos filhos, ligada em finanças e que transmite a importância de poupar.

Mãe geminiana – 21/5 a 20/6

Multitarefas, provavelmente é a mãe mais capaz de realizar várias atividades ao mesmo tempo. Desempenha vários papéis, e nem todos ligados à família. “Ainda deve ser uma profissional de sucesso, amiga dedicada, esposa, filha…”. Comunicação é o forte dessa mãe, portanto se o seu filho é pequeno, é uma boa contadora de histórias e estimuladora do desenvolvimento e aprendizado. Se ele já cresceu, com certeza tem um ótimo canal aberto e a conversa é natural.

Mãe canceriana – 21/6 a 22/7

“Os astros deram à canceriana a missão de ser a mais maternal de todas as mães do zodíaco”. Tem uma intuição à flor da pele, então antecipa os problemas e sentimentos dos filhos. Aconchego é a marca registrada, por isso, está sempre disposta a colocar a mesa e arrumar a cama dos pequenos (ou grandes), reunir a família para ver um filme ou organizar uma viagem para a turma toda. Superdedicada, deve ter cuidado para não exagerar nos mimos e na proteção, para que os filhos não se sintam sufocados ou acomodados.

Mãe leonina – 23/7 a 22/8

Se a mãe leonina gosta de ser o centro das atenções, gosta mais ainda que os filhos sejam o centro do mundo! O lado bom disso é que ela reforça a autoestima deles o tempo todo, desde pequenos. “Cuidado apenas para que não se tornem mimados ou convencidos”. Durante a infância, ela caprichou nas festas e comemorações, além das brincadeiras. Provavelmente encenou muitas delas ao lado dos filhos, porque sabe valorizar o lado lúdico da vida. Essa é a mãe para a qual os filhos correm para esquecer dos problemas.

Mãe virginiana – 23/8 a 22/9

O lar da virginiana é organizado, a rotina é infalível e a dos filhos, idem. Essa mãe não gosta muito de surpresas, por isso controla muito bem os movimentos da família e dos filhos inclusive. Por isso, bons hábitos e horários devem ser respeitados, porque o lema é estar sempre alerta. Está sempre atenta às necessidades dos filhos e pronta para aconselhar, alertar e, principalmente, elaborar um plano de ação. “Eficiente, detalhista e atenta, pode sofrer quando algo sai do controle”.

Mãe libriana – 23/9 a 22/10

Essa mãe dá valor a aparência e está sempre elegante, por isso deve ter perdido rapidamente os quilos ganhados durante a gravidez. Este bom gosto reflete na maneira como cria os filhos, que aprendem desde cedo a ter bons modos, consideração com as outras pessoas e atitudes delicadas. “Adepta do diálogo, faz o possível e o impossível para resolver conflitos e transmitir seus valores aos filhos”. Relacionamentos são muito importantes para ela, que adora companhia e está sempre cercada de gente.

Mãe escorpiana – 23/10 a 21/11

“Totalmente envolvida com a maternidade, essa mãe é intensa, vive as alegrias profundamente, mas também sofre com qualquer desentendimento”. A escorpiana observa os filhos detalhadamente e, graças à intuição poderosa, se antecipa em relação aos sentimentos e necessidades deles. Controladora e desconfiada, fica aflita pensando em possibilidades que possam prejudicar os filhos. Apesar disso, é racional a ponto de manter o sangue frio se precisa lidar com alguma emergência relacionada à prole.

Mãe sagitariana – 22/11 a 21/12

Tudo é uma aventura e a maternidade é a maior delas. Por isso, ter filhos nunca significou privações ou impedimentos. A vida segue da mesma maneira, mas com novos companheiros de aventura. Desde cedo, sempre estimulou a cria a praticar esportes e a abastecer-se culturalmente. As boas lembranças que os filhos têm da infância deles são os passeios ao ar livre, exposições e museus. Otimista, é a mãe que mais cria os filhos para o mundo e os incentiva a perderem medos e inseguranças constantemente.

Mãe capricorniana – 22/12 a 20/1

“Perfeccionista e detalhista, precisa tomar cuidado apenas para não interferir demais na vida dos filhos pois, por ela, planejaria até a rotina deles”. Isso tudo porque a capricorniana é eficiente e competente, determinada a nunca falhar. Pode ser um pouco controladora, mas tudo pelo bem dos filhotes. Regrada, encara a maternidade como um trabalho e pode se sentir exausta com as obrigações, responsabilidades e tarefas que ela mesma se impõe.

Mãe aquariana – 21/1 a 19/2

Ela estimula a individualidade, não apenas dos filhos, mas de todos com quem se relaciona. “Para ela, as pessoas devem fazer suas próprias escolhas e liberdade é primordial”. Uma mãe que respeita espaço e que precisa que o seu também seja respeitado cria filhos independentes, criativos e livres. Os filhos são criados livres das próprias expectativas, o que é ótimo para exercerem as habilidades e vontades.

Mãe pisciana – 20/2 a 20/3

Intuitiva, a mãe de Peixes sente o que o filho está sentindo a quilômetros de distância. A ligação é muito forte e a dificuldade sempre foi dizer “não” ou frustrar as crianças/adolescentes/filhos adultos… Com uma leve tendência ao drama, precisa lembrar sempre que ela é a adulta e colocar limites, afinal, autoridade não é o forte dessa mãe, perita em compartilhar de igual para igual as tristezas, os medos e as conquistas. Ela vivencia as experiências da prole como se fossem suas.

Tarot online

Veja previsão do dia para todos os signos
ÁriesTouroGêmeosCâncerLeãoVirgemLibraEscorpiãoSagitárioCapricórnioAquárioPeixes

Voltar página inicial   Voltar página inicial