:: As Religiões - Protestantismo
 

Corrente do cristianismo que surge com a Reforma Protestante, iniciada no século XVI pelo teólogo alemão Martinho Lutero. Ele rompe com a Igreja Católica e defende uma reaproximação com o cristianismo primitivo. Defende ser a fé o elemento fundamental para a salvação do indivíduo, condena a venda de indulgências pela Igreja e a degradação moral do clero da época. Fixa na porta da igreja do Castelo de Wittenberg, no seminário onde leciona, 95 teses questionando dogmas, preceitos e práticas adotados pelo Vaticano. Essas teses são consideradas heréticas pela Igreja Católica, e, em 1519, Lutero afasta-se definitivamente do catolicismo ao negar o primado do papa. Dois anos depois é excomungado pelo papa Leão X. Com a simpatia de diferentes setores da nobreza e dos camponeses, o luteranismo difunde-se na Alemanha.

Expansão e correntes - As teses de Lutero encontram receptividade em outros países da Europa e acabam por gerar um movimento pela reforma da Igreja. O nome protestante é atribuído, na época, aos partidários da reforma que protestam contra a Dieta (assembléia convocada pelos reis) de Espira, em 1529. 

Apesar de perseguido pelo Vaticano, Lutero é amparado pela aristocracia, traduz a Bíblia para o alemão e funda uma nova igreja. Ele abole a confissão obrigatória, o culto aos santos e à Virgem Maria, o jejum e o celibato clerical. Dos sete sacramentos católicos, ele só aceita os do batismo e da eucaristia. Nem todas as suas teses, porém, são aceitas por seus aliados em outros países e, em razão disso, o protestantismo dá origem a diferentes correntes de pensamento teológico e ao nascimento de novas igrejas cristãs, como a dos seguidores do francês João Calvino e do inglês John Wesley.

Os protestantes, também chamados de evangélicos, dividem-se atualmente em três grandes grupos de afinidade teológica. O do protestantismo histórico, criado a partir da reforma; o pentecostal, surgido no começo do século XX, e o neopentecostal, o grupo mais recente. No Brasil, o protestantismo começa a se estabelecer no início do século XIX e hoje reúne o maior número de adeptos da América do Sul.

Todas as igrejas protestantes celebram Natal, Páscoa, Pentecostes e as demais festividades cristãs. Também há comemorações particulares a cada uma delas, como o Dia de Ação de Graças, celebrado pelos luteranos, e o Dia da Escola Dominical, comemorado pelos metodistas.

PROTESTANTES HISTÓRICOS - Corrente do protestantismo que compreende as igrejas formadas a partir da reforma, como a Luterana, a Presbiteriana, a Episcopal Anglicana, a Batista e a Metodista.

Igreja Luterana - É a primeira Igreja saída da reforma, fundada por Martinho Lutero. A comunidade pode escolher seus pastores e todos os batizados estão aptos a ser considerados sacerdotes. Acentua-se a autoridade única da Bíblia, não sendo necessária a interpretação de um sacerdote. Cada igreja é independente e não é submetida a uma hierarquia.

Igreja Presbiteriana - Fundada pelo escocês John Knox (1514-1572), tem seus princípios fundamentais enunciados na Confissão de Fé de Westminster, em 1643. Segue a doutrina religiosa do teólogo francês João Calvino (1509-1564), que funda uma corrente do protestantismo. Enfatiza a leitura e a interpretação da Bíblia e adota o sacramento do batismo por unção, após o nascimento ou em qualquer idade, e da eucaristia, chamada de Santa Ceia. As igrejas presbiterianas escolhem seus pastores, que habitualmente oficiam os cultos e outras atividades, mas são dirigidas por conselhos de presbíteros, pessoas eleitas pela comunidade de fiéis e também aptas a realizar o trabalho sacerdotal. 

Igreja Episcopal Anglicana - Igreja oficial da Inglaterra criada pelo rei Henrique VIII, que em 1534 rompe com a Igreja Católica. A reforma anglicana consolida-se em 1558, sob o reinado de Elizabeth I. Da Inglaterra difunde-se para as colônias, especialmente a América do Norte. Assemelha-se ao catolicismo quanto à liturgia. O anglicanismo admite mulheres como sacerdotes desde 1994.

Igreja Batista - Fundada em Londres, em 1611, por um grupo de luteranos liderados por Thomas Helwys (1550-1616). Valoriza o sacramento do batismo e defende sua realização em idade adulta, por imersão em vez de unção. Para os batistas, a salvação eterna não está relacionada à execução de boas obras. Difundida principalmente nos Estados Unidos, a Igreja Batista não usa a cruz como símbolo.

Igreja Metodista - Formada em 1740, com a obra do clérigo anglicano John Wesley (1703-1791), tem forte influência calvinista. Wesley passa a fazer reuniões metódicas para exercício de meditação, daí o nome metodista. A Igreja Metodista aceita o batismo simbólico das crianças. Defende ser a palavra de Deus suficiente para a salvação, mas critica a interpretação individual dos textos sagrados. Acredita na cura divina e na manifestação do Espírito Santo.

PENTECOSTAIS - Movimento que surge em Chicago, Estados Unidos, em 1906, de uma dissidência dos metodistas, e se difunde rapidamente por outros países, principalmente na América Latina. Sua doutrina e liturgia acentuam a atuação do Espírito Santo, como a cura de enfermidades, o exorcismo e o dom de falar línguas estranhas (glossolalia), manifestação iniciada com os apóstolos no Dia de Pentecostes. As igrejas diferenciam-se conforme a ênfase maior ou menor em aspectos doutrinários específicos.

Adotam, em geral, preceitos mais rígidos que os protestantes históricos quanto ao comportamento pessoal e social de seus membros. Entre as igrejas pentecostais tradicionais destacam-se a Congregação Cristã, Assembléia de Deus e Igreja do Evangelho Quadrangular, fundadas por missionários estrangeiros no Brasil.

NEOPENTECOSTAIS - Corrente do pentecostalismo mundial nascida nos Estados Unidos na década de 70 com base nos princípios da Teologia da Prosperidade. Prega que o sucesso, a felicidade e a prosperidade podem ser alcançados nesta vida. As igrejas neopentecostais também enfatizam as manifestações e atuações do Espírito Santo, mas são menos rígidas que as pentecostais tradicionais em relação ao comportamento pessoal e social de seus fiéis. Pertencem a esse grupo as igrejas brasileiras Universal do Reino de Deus, Sara Nossa Terra e Renascer em Cristo.

CRISTÃOS INDEPENDENTES - Formam um grupo específico dentro do protestantismo porque acreditam que a própria doutrina foi revelada por uma ação divina especial. As principais igrejas são a Adventista, a Mórmon e a Testemunhas de Jeová.

Igreja Adventista - Doutrina criada nos EUA por William Miller (1782-1849), que anunciava a volta de Cristo à Terra em 1844. Divide-se em vários ramos, como Cristãos Adventistas União da Vida e Advento e Adventistas do Sétimo Dia, que consideram o sábado dia sagrado. Os adventistas acreditam que a volta de Cristo está próxima e que os mortos dormem até a ressurreição.

Igreja Mórmon - Também chamada de Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, é fundada em 1830 pelo norte-americano Joseph Smith (1805-1844). Mórmon é o nome do livro que o fundador teria recebido das mãos de um mensageiro de Deus.

Testemunhas de Jeová - Igreja formada em 1875 pelo norte-americano Charles Russel (1852-1916), por um ramo da Igreja Adventista. Os fiéis rejeitam as noções de imortalidade da alma e de inferno. Acreditam que religião e governo são criações do diabo. Defendem a moral rígida e recusam-se a prestar o serviço militar. Seus locais de encontro se chamam salões do reino.

 


E-mail dos Anjos
Adquirindo o e-mail dos Anjos você estará ajudando nosso site e nossas campanhas.  saiba mais...

Imprimir

Enviar

Voltar

 

Copyright © 2003- Portal Angels - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: João Adolfo  -  Hospedagem de sites

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site