Arcanjos: Quem são os arcanjos e o que eles fazem

Arcanjos são os anjos de mais alto nível no céu. Deus lhes dá as responsabilidades mais importantes, e eles viajam de um lado para o outro entre as dimensões celestial e terrena, enquanto trabalham em missões de Deus para ajudar os seres humanos.

No processo, cada arcanjo supervisiona anjos com diferentes tipos de especialidades, da cura à sabedoria, que trabalham juntos nas frequências dos raios de luz que correspondem ao tipo de trabalho que realizam.

Por definição, a palavra arcanjo vem das palavras gregas arche (governante) e angelos (mensageiro), significando os deveres duplos dos arcanjos: governar sobre os outros anjos, ao mesmo tempo em que envia mensagens de Deus aos seres humanos.

Arcanjos e as religiões

O zoroastrismo, o judaísmo, o cristianismo e o islã fornecem informações sobre os arcanjos em seus vários textos e tradições religiosas.

No entanto, embora todas as religiões digam que os arcanjos são incrivelmente poderosos, elas não concordam com os detalhes de como são os arcanjos.

Alguns textos religiosos mencionam apenas alguns arcanjos pelo nome, outros mencionam mais. Enquanto os textos religiosos geralmente se referem aos arcanjos como homens, essa pode ser apenas uma maneira padrão de se referir a eles.

Muitas pessoas acreditam que os anjos não têm um gênero específico e podem aparecer aos humanos da forma que escolherem, de acordo com o que melhor cumprirá o objetivo de cada uma de suas missões.

Algumas escrituras sugerem que existem muitos anjos para os humanos contarem. Só Deus sabe quantos arcanjos lideram os anjos que ele criou.

O reino espiritual

No céu, os arcanjos têm a honra de aproveitar o tempo diretamente na presença de Deus, louvando a Deus e consultando-o com frequência para obter novas designações para seu trabalho na Terra, ajudando as pessoas.

Os arcanjos também passam algum tempo em outro lugar no reino espiritual lutando contra o mal. Um arcanjo em particular, Miguel, dirige os arcanjos e freqüentemente assume a liderança para combater o mal com o bem, de acordo com relatos da Torá, da Bíblia e do Alcorão.

No plano terrestre

Deus designou anjos da guarda para proteger cada pessoa na Terra, mas ele freqüentemente envia arcanjos para realizar tarefas terrenas em uma escala maior.

Por exemplo, o arcanjo Gabriel é conhecido por suas aparências, transmitindo mensagens importantes para as pessoas ao longo da história.

Os cristãos acreditam que Deus enviou Gabriel para informar a Virgem Maria que ela se tornaria a mãe de Jesus Cristo na Terra, enquanto os muçulmanos acreditam que Gabriel comunicou todo o Alcorão ao profeta Muhammad.

Sete arcanjos supervisionam outros anjos que trabalham em equipe para ajudar a responder às orações das pessoas de acordo com o tipo de ajuda pela qual estão orando.

Como os anjos viajam pelo universo usando a energia dos raios de luz para fazer esse trabalho, vários raios representam os tipos de especialidades angélicas. Eles são:

– Azul: poder, proteção, fé, coragem e força, liderada pelo Arcanjo Miguel
– Amarelo: sabedoria para decisões, liderada pelo Arcanjo Jophiel
– Rosa: representando amor e paz, liderada pelo Arcanjo Chamuel
– Branco: representando a pureza e harmonia da santidade, liderada pelo Arcanjo Gabriel
– Verde: representando cura e prosperidade, liderada pelo Arcanjo Rafael
– Vermelho: representando serviço sábio, liderado pelo Arcanjo Uriel
– Roxo: representando misericórdia e transformação, liderado pelo Arcanjo Zadkiel

Nome dos arcanjos

As pessoas deram nomes aos arcanjos que interagiram com os seres humanos ao longo da história. A maioria dos nomes dos arcanjos termina com o sufixo el (em Deus).

Além disso, o nome de cada arcanjo tem um significado, um tipo único de trabalho que ele ou ela realiza no mundo. Por exemplo, o nome do Arcanjo Rafael significa Deus cura, porque Deus costuma usar Rafael para curar as pessoas que sofrem espiritual, fisicamente, emocionalmente ou mentalmente.

Outro exemplo é o nome do Arcanjo Uriel, que significa Deus é a minha luz. Deus usa Uriel para iluminar a luz da verdade divina nas trevas da confusão das pessoas, ajudando-as a buscar sabedoria.