Cruz de São Bartolomeu para afastar todo o mal

Foi na Armênia, depois de converter o rei Polímio, a esposa e mais 12 cidades, que São Bartolomeu teria sofrido o martírio, motivado pela inveja dos sacerdotes pagãos, os quais insuflaram Astiages, irmão do rei, e conseguiram uma ordem para matar o apóstolo. Bartolomeu foi esfolado vivo e, como não morreu, foi decapitado. Era o dia 24 de agosto do ano 51.

cruz-sao-bartolomeu

A cruz de São Bartolomeu usada junto ao corpo é eficaz contra bruxaria, má sorte, mau-olhado, inveja, maldições e todo o mal em geral.

Materiais:

3 pedaços ou ramos de Cipreste (também chamado de Cedro) silvestre (1 comprido e 2 mais pequenos)
Maçãs pequenas do Cipreste (gálbulas, que tem o formato de umas bolinhas que os ciprestes tem como fruto)
Alecrim
Arruda
Aipo
Água benta

Como fazer a cruz de São Bartolomeu:
Pegue 3 pedaços de pau de cedro, 1 mais comprido, 2 mais curtos, para formarem os braços da cruz, cobrindo-os com alecrim, arruda e aipo. Coloque em cada braço, em cima e em baixo da parte mais comprida, uma “maçã” pequena (gálbula) de cipreste (se o ramo já tiver uma maçãzinha de cipreste, melhor), coloque-se em água benta por três dias seguidos e retire-se da mesma água ao dar a meia-noite, dizendo-se as seguintes palavras em forma de oração:
“Cruz de São Bartolomeu, a virtude da água em que estivestes, e das plantas e madeiras de que és formada, que me livre das tentações do espírito do Mal e traga sobre mim a graça de que gozam os bem-aventurados. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”
Repetir as palavras, murmuradas, quatro vezes.

“Cruz de São Bartolomeu, a virtude da água em que estiveste, e das plantas e madeiras de que és formada, que me livre das tentações do espírito do Mal, e traga sobre mim as graças de que gozam os bem-aventurados. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”
Repetir as palavras, murmuradas, quatro vezes.

Como usar a cruz de São Bartolomeu:
A cruz deve ser levada dentro de um saquinho de seda preta benzida, ou junto ao corpo suspensa ao pescoço por um cordão preto ou de couro. Não se deve deixar que outras pessoas a vejam, fazendo o possível para ocultá-la dos outros. Quando desconfiar que alguém lhe lançou mau-olhado, deverá, ao deitar-se, beijar três vezes a cruz e fazer a oração à cruz de São Bartolomeu. Ao levantar-se, deverá também beijar a cruz três vezes e rezar um Pai-Nosso e uma Ave-Maria.

Usa-se sempre o cipreste porque foi da madeira desta árvore que se fez a cruz de Jesus Cristo e desde sempre esta madeira esteve associada aos jardins do paraíso e à imortalidade.

É aconselhado que só seja usado crucifixo feito de Cipreste (cedro), pois é a única madeira que oferece proteção.