Como evitar e se livrar de uma obsessão espiritual

A obsessão é uma relação entre espíritos, por vezes entre encarnados e desencarnados, mas pode ocorrer também entre desencarnados e mesmo entre encarnados. No caso de Obsessão espiritual, ou seja, a influência persistente e negativa que um ou mais espíritos podem exercer de forma dominante em uma pessoa, é feita por meio de ideias fixas, perseguição, excitação dos sentidos, vampirismo.

obsessao-espiritual

A obsessão espiritual de um Espírito desencarnado sobre uma pessoa visa quase sempre o prejuízo do Espírito encarnado. Ela apresenta sintomas tais como: angústia, depressão, perturbação do sono (insônia ou pesadelos), mau humor, desinteresse pelo estudo ou pelo trabalho, isolamento social, pensamentos suicidas, etc.

Aprenda a identificar e reconhecer os níveis de obsessão, bem como se manter protegido para que você não seja uma pessoa vulnerável a este tipo de ataque espiritual.
Tipos de Obsessores

Simples
É quando a pessoa sabe que algo negativo o influencia. Há o costume de criar problematizações e empecilhos a todo tipo de causa. Pode também identificar a manifestação de ruídos.

Escravizado
Após atingir um nível de profunda dependência e apego aos desejos mundanos, esses seres são escravizados por entidades especializadas, que os utilizam oferecendo permutas e os mantendo como trabalhadores para os mais diversos tipos de ação.

Quiumbas
São os bagunceiros e vândalos espirituais. Não se prendem a nada e não tem nenhuma intenção elevada, não tem ambição de nada, apenas bagunçar. Normalmente andam em grupos contendo mais do que três quiumbas. Podem facilmente afetar um ambiente o tornado um campo de discussões e desentendimentos.

Soldado das Sombras
É uma classe de espíritos realmente conscientes do mal, arredios, revoltados e contrariados. Eles sabem o que estão fazendo, estão conscientes de seus papeis e consequências. São empregados nos mais diversos tipos de trabalhos sempre orientados por espíritos especializados.

Especialistas
Apenas para não aprofundar propositalmente nesta classificação, pode-se dizer que são diversas classes de espíritos especialistas. Contudo, vale lembrar que são peritos nas artes de manipulação de fluidos vitais, na influenciação por meio da hipnose e na disciplina mental.

Em outras palavras, são especialistas no domínio dos elementos. Não costumam aparecer, de forma alguma se deixam mostrar, bem como não trabalham em causas pequenas. Estão empenhados em atuar em ações coletivas ou em pessoas importantes no mundo, cujo suas ações reflitam consequências em muitas pessoas.

Para evitar a obsessão ou se libertar de um processo obsessivo, temos em mãos alguns instrumentos que servem como remédio provisório e coadjuvante para o tratamento e prevenção:

– Sal grosso: fazer escalda-pés com sal para puxar as negatividades;
– Banho de limpeza com ervas (alecrim, arruda, alecrim, espada de São Jorge, manjericão, comigo-ninguém-pode e pimenteira);
– Defumação ou incenso;
– Conexão espiritual com os benfeitores espirituais, através da oração sincera.

Os motivos que fazem a obsessão acontecer são diversos, mas a intensão é única: o desejo de fazer mal. Como todos esses espíritos sofrem devido às suas escolhas, eles querem que os outros sofram com eles, pois sentem alívio e prazer em atormentar os outros.

Assim, existem algumas maneiras para evitar esse tipo de situação:

Provar para o espírito que é impossível sermos enganados, lhe cansando a paciência até ele desistirem. Portanto, não deixar que ele tome total acesso a tudo, ignorar atitudes e pensamentos negativos e principalmente situações desconfortáveis que ocorrem no dia a dia.

Pedir ajuda para a ação do seu Anjo protetor (cada um possui o seu em particular).

Realizar Orações ou rituais que se adequam à sua crença e que possam afastar energias negativas.

Manter o foco no pensamento positivo, é necessário compreendermos que cada obstáculo tem seu lado positivo e foi na verdade fonte de aprendizado.

Para evitar os assédios espirituais, mantenha-se em comunhão com o Divino, abstenha-se dos vícios mentais que reforçam o julgamento, o preconceito, as negatividades. Esteja conectado com seu corpo e sua alma, ame-se e viva o aqui e agora.