Veja previsão do Horóscopo do dia para todos os signos

ÁriesTouroGêmeosCâncerLeãoVirgemLibraEscorpiãoSagitárioCapricórnioAquárioPeixes

Signo Ascendente Sagitário

Sagitário
de 22/11 a 21/12

Como um nômade que vai aonde encontra alimento, o sagitariano é independente. O signo corresponde também à busca do conhecimento mais profundo, sobre os outros e sobre o mundo. A expansão de suas habilidades, especialmente mentais, fundamenta-se na aspiração de transcender sua própria condição humana. Benevolência e generosidade são marcas características de Sagitário. Elas são personalidades bonachonas. Adoram festas e costumam ser ótimos convivas. Gostam de contar piadas, bem como de discutir questões filosóficas. Têm, de fato, uma cabedal de assuntos dos mais variados, pois pensar e refletir sobre o universo é uma das coisas que mais tendem a fazer.

Expandir os próprios horizontes é um impulso natural. Eles podem dedicar-se a isto de diversas formas, através da religião, viagens, filosofia, estudos superiores… Em todas estas formas veremos que o fim último é o próprio auto-conhecimento.

Sua vocação acadêmica esconde uma natureza pouco prática. De tão fascinados que são por assuntos etéreos e místicos, tornam-se muito desorganizados. Vivem adiando os compromissos, pois não conseguem bem se ater um cronograma. Há quem os considere muito irresponsáveis. Todos os aspectos mais triviais da vida parecem, para eles, pouco interessantes. Se pudessem, ficariam a todo instante a pensar em suas aspirações. Sua franqueza também é irritante, especialmente quando investem-se da tarefa de pregar e ensinar o que sabem sobre o mundo, mesmo àqueles que não querem aprender.

São pessoas muito sortudas. Parece que a natureza lhes deu (e continuamente dá) inúmeras oportunidades. Têm possibilidade de sucesso em inúmeros campos da vida, dos negócios à vida reclusa do monastério. Em todos estes campos, a expansão e o crescimento (da empresa, de sua grandeza etc.) serão as conquistas mais marcantes deles.

Em relações amorosas gostam de independência. Sua natureza exploratória pode levá-los a serem infiéis. Em geral, não sentirão qualquer remorso quanto a isso, já que costumam separar bem o amor de suas aventuras passageiras.

Na mitologia o signo de Sagitário é representado por um centauro armado com arco, que aponta sua fecha para o céu. Os centauros são animais meio homem, meio cavalo. O lado homem ergue-se sobre as patas de um animal e aspira sobremaneira espiritualizar-se, negando a parte inferior de seu corpo. A parte animal reage, tornando-o estúpido e grosseiro quando se perde o controle. Esta parte animal também dá aos sagitarianos a tendência a embriagar-se e se entregar-se ao seus instintos mais baixos, vez por outra.

Seu elemento é o fogo, como em Áries e Leão. No seu caso, trata-se de um fogo sagrado, uma chama da espiritualidade que o atiça por dentro e os movem a ideais superiores. Somente quando conseguem conscientizar-se de sua dupla natureza animal e humana, sua flecha torna-se a projeção de sua vida no céu: o elo que lhes permite transcender-se; que os une à sabedoria cósmica a que tanto almejam.