Jesus é Deus?

Sim, Jesus é Deus, mas a resposta precisa ser exposta. Quando dizemos que Jesus é Deus, estamos usando o termo “Deus” em referência à natureza divina. Mas temos que ter cuidado, porque não queremos dizer que Jesus é Deus e deixamos de entender que Deus é uma Trindade.

Jesus é Deus?

A doutrina cristã da Trindade é que Deus existe como três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Portanto, temos que ter cuidado quando perguntamos se Jesus é Deus, porque precisamos ser claros na resposta. Se Deus é uma Trindade e dizemos que Jesus é Deus, então estamos dizendo que Jesus é uma Trindade.

Mas, isso não é verdade. Assim, em um sentido, o termo “Deus” pode ser usado para designar a totalidade de Deus como uma Trindade e, em outro sentido, lida com a natureza divina.

A resposta correta é que Jesus é ao mesmo tempo divino e humano. Em outras palavras, ele é Deus e homem. Deus tem uma natureza divina, e Jesus possui a natureza divina, bem como a natureza humana. Essa característica de dupla natureza é chamada de união hipostática.

Sabemos que Jesus é Deus em carne porque a Bíblia diz muitas coisas declarando isso. Por exemplo,

– João 1: 1 , “no princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.
– João 1:14 , “e o Verbo se fez carne e habitou entre nós…”
– João 8:24 , “a menos que você acredite que eu sou, você morrerá em seus pecados”.
– João 8:58 , “antes que Abraão existisse, eu sou”.

Depois que Jesus morreu na cruz e ressuscitou dos mortos, Tomé, um dos discípulos, duvidou que ele tivesse ressuscitado. Jesus aparece para ele, e Tomé responde dizendo a Jesus “meu Senhor e meu Deus” ( João 20:28).

Jesus não faz nenhuma correção para Tomé sobre isso. Tito 2:13 nos diz para esperar a vinda de “nosso grande Deus e Salvador, Cristo Jesus”. Em João 5:18, diz que Jesus “estava chamando Deus de seu próprio Pai, tornando-se igual a Deus”.

Está claro nas Escrituras que Jesus é considerado Deus em carne; isto é, ele é considerado divino. A razão é que, sem Jesus sendo Deus e homem, ele não poderia fazer um sacrifício de valor suficiente para agradar a Deus Pai. Se ele não fosse homem, não seria capaz de morrer pelos pecados da humanidade.