Qual é a religião certa para mim?

Se você está se perguntando: Qual a religião certa para mim? Qual religião é verdadeira? Saiba que não está sozinho, muitas pessoas estão a procura desta resposta.

Mas, como descobrir?, tentaremos ajudá-lo com este artigo para que você consiga a paz espiritual tão desejada.

Qual é a religião certa para mim?

A princípio, religião é uma crença pela qual devemos nos identificar, é através dela que viveremos e trocaremos experiências de nossos momentos de alegria e tristeza, momentos bons e outros ruins de nossas vidas.

A religião é, na maioria das vezes, a maior influência na nossa vida e, de certo modo, onde estará nossa comunidade mais próxima.

Tenha em mente que seguir uma religião não é só aceitar certas coisas como fatos, mas também, aceitar uma tradição e um conjunto de crenças potencialmente importante.

Muitas vezes a religião que seguimos nos é apresentada pelos nossos pais, avós, padrinhos, etc. e é através deles que temos nossa primeira experiência espiritual, geralmente pela tradição familiar.

Isso não quer dizer que não podemos manter a mente aberta e aprender sobre outras religiões. Não precisamos necessariamente acabar acreditando naquilo que nos foi imposto.

Devemos ter em mente que a religião verdadeira é aquela que nos aproxima de Deus e do próximo, é aquela que nos transforma em alguém verdadeiramente amável, íntegro, honesto, compreensivo, humilde, sensível, etc.

Não devemos frequentar uma religião só para dizer que somos bons, ou que seremos salvos e puros, enquanto condenamos o nosso próximo por meio de olhares, pensamentos e atos.

Confira abaixo uma lista com as principais religiões do mundo:

Cristianismo

O cristianismo acredita na Igreja, palavra de origem grega que significa assembleia, entendida como a comunidade de todos os cristãos e como corpo místico de Cristo presente na Terra e sua continuidade. As principais igrejas ligadas ao cristianismo são: a Igreja Católica Romana, as Igrejas Protestantes e a Igreja Ortodoxa.

Espiritismo

Espiritismo é uma doutrina religiosa e filosófica mediúnica ou moderno espiritualista. Foi codificada, ou seja, tomou corpo de doutrina, pela universalidade dos ensinos dos espíritos pelo pedagogo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, usando o pseudônimo Allan Kardec.

Judaísmo

Judaísmo é uma das três principais religiões abraâmicas, definida como religião, filosofia e modo de vida do povo judeu. Originário da Torá Escrita e da Bíblia Hebraica e explorado em textos posteriores, como o Talmud, é considerado pelos judeus religiosos como a expressão do relacionamento e da aliança desenvolvida entre Deus com os Filhos de Israel.

Sikhismo

O sikhismo ou siquismo é uma religião monoteísta fundada em fins do século XV no Punjab por Guru Nanak. É por vezes retratado como o resultado de um sincretismo entre elementos do hinduísmo e do Islamismo e Sufismo.

Budismo

O budismo é uma filosofia ou religião não teísta que surgiu originalmente na Índia por volta do século VI A.C. e abrange diversas tradições, crenças e práticas baseadas nos ensinamentos, o Darma, de Siddhartha Gautama, intitulado de Buddha.

Hinduísmo

Hinduísmo é uma tradição religiosa que se originou no subcontinente indiano. É frequentemente chamado de Sanātana Dharma pelos seus praticantes, frase em sânscrito que significa “a eterna (perpétua) darma (lei)”.

Num sentido mais abrangente, o hinduísmo engloba o bramanismo, isto é, a crença na Alma Universal, Brâman; num sentido mais específico, o termo se refere ao mundo cultural e religioso, ordenado por castas, da Índia pós-budista.

Islamismo

Islamismo é uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo Alcorão, um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus, e pelos ensinamentos e exemplos normativos de Maomé, considerado pelos fiéis como o último profeta de Deus. Um adepto do islão é chamado muçulmano.