Talismã do Anjo da guarda para proteção

Desde os tempos antigos o homem utiliza amuletos, talismãs e patuás para atrair amor, para proteger sua casa, a família e a si próprio contra forças espirituais negativas, e diversos outros fins. Aprenda como criar um talismã pessoal de Proteção com a benção do seu anjo Guardião. Pode ser feito para proteger a casa ou andar com ele e receber essa proteção especial.

Talismã do Anjo da guarda para proteção
Todos nós precisamos de proteção, são muitos os riscos que corremos todos os dias: de ser acometido por alguma doença, de sofrer um acidente, sofrer uma violência física ou verbal, uma assalto, uma ofensa, uma perda. Ninguém está livre de nada, mas nós podemos nos proteger pedindo ao nosso anjo da guarda que crie um manto protetor ao nosso redor com a oração. Entretanto, nós não conseguimos rezar o tempo todo, mas podemos carregar a proteção do nosso anjo da guarda conosco através de um talismã.

O talismã do anjo de guarda é muito fácil de se fazer.

Escreva com um lápis, num pedaço de papel (branco virgem), um versículo da bíblia que você goste; dobre e coloque num saquinho de seda vermelha. Acenda um incenso, segure o saquinho sobre a fumaça que sai do incenso em queima e recite a seguinte oração:

”Em nome do Todo-Poderoso, o criador do Céu e da Terra, em nome do anjo Rafael, em nome do meu anjo da guarda e de todos os príncipes e serafins; em nome de Adíriron, Deus que cura e que sustem nas suas mãos as gerações das alturas e as terrestres, concede-me bom êxito, a mim que escrevo este amuleto para (seu nome completo) que ele proteja os duzentos e quarenta e oito membros do meu corpo; que este talismã me preserve do cativeiro e do gládio perfurante, que me ajude, que me dê sucesso e me salve dos maus, da má língua, de um adversário invencível, de todos aqueles que se levantam contra mim para prejudicar em atos, omissões, falatórios, maquinações ou maus desígnios. Concede-me a graça, benevolência do seu Trono Divino, aos olhos de todas as criaturas de boa ventura. Amém!”

Mantenha esse talismã sempre junto a si, de preferência próximo ao seu corpo.
Se em algum momento você necessitar de ajuda, segure-o sempre com a mão esquerda e repita três vezes o nome de seu anjo da guarda e faça depois o sinal da cruz com a sua mão direita.

Nota:
Se o papel no interior do saquinho danificar-se e perder o que tem escrito, deverá fazer outra vez o Talismã.